Skip to content


HackaTruck

É um projeto de capacitação profissional de estudantes de Instituições de Ensino Superior de Tecnologia da Informação, em Programação Swift para Plataforma iOS e conta com palestras sobre inovações tecnológicas e carreiras de TI.

O projeto é patrocinado pela IBM Brasil e Flex em colaboração com a Apple e executado pelo Instituto de Pesquisas Eldorado.

A Quem se Destina

Instituições Parceiras do Projeto

Preferência para alunos cursando nível superior na área de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) com aproveitamento de suas experiências pessoais e/ou profissionais prévias.

Público Geral:

O curso EAD se destina a pessoas que se identifiquem com a área de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) e que estejam interessados em atualização técnica. Mas vale lembrar que apenas alunos matriculados nas Instituições Parceiras poderão concorrer às vagas do curso presencial.

Certificados

• Para receber o certificado de conclusão do curso EAD (Ensino a Distância), os participantes devem atingir aproveitamento final maior ou igual a 70%.

• Para receber o certificado de conclusão do curso presencial de Swift, os alunos devem ter frequência igual ou superior a 75%.

Resultados

• Por intermédio de aplicativos e dispositivos, incentivar e reforçar a vocação de alunos na área de exatas e computação.

• Contribuir para reduzir a carência de profissionais qualificados em tecnologia móvel.

• Após a capacitação do curso presencial, os alunos estarão aptos a desenvolver “apps” de forma autônoma atendendo demandas regionais com temas diversos, além de despertar a vocação empresarial nos alunos.

 


Tivemos vários estudantes de Bacharelado em Sistemas de Informação que concluíram o curso:

 

Alan Geovani Mazeto
Bruno Gustavo Vieira
Gregory Mendes
Jeferson Luiz Zavaski
Jefferson Eduardo de Lima Junior
Lucas Locatelli
Lucca Pineda Loyola
Matheus Estevan de Campos Silva
Matheus Kevin da Silva Pelegrini
Régius Andrei Kachimareck
Rômulo Massaroth de Farias
Rodrigo de Oliveira Rego Freire
Rodrigo Teleginski Vidal

 

O coordenador do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação da PUCPR, Prof. Dr. Orlando Alcântara Soares, o coordenador do curso de Jogos Digitais, Prof. Msc. Bruno Campagnolo de Paula e o coordenador do curso de Ciência da Computação Luiz Pavão, participaram da entrega dos certificados ao final do curso.

Algumas fotos do HackaTruck:

Parabéns aos estudantes que participaram e finalizaram o curso!


Posted in Geral.


Filme: Thank You For Smooking – Comportamento Gerencial


Thank You For Smooking é uma comédia de 2005 sob a direção de Jason Reitman, que satiriza a indústria do cigarro e tabaco.

 

Como aluno da especialização da PUCPR, fiz um trabalho sobre Comportamento Gerencial, sob a orientação do profº Marciano Cunha, escolhendo a temática desse filme. O enredo tem uma forte ligação com nossa área. Mais do que isso, todas as áreas do Grupo Marista, mas demonstra isso com uma abordagem interessante.

 

Nick Naylor é o principal porta voz da indústria do cigarro e tabaco e defende os direitos dos fumantes. Mas o interessante é a forma como ele aborda os temas, independentemente da situação ou das pessoas no contexto do momento, gerando acontecimentos com grandes consequências positivas e algumas negativas. Essa abordagem, faz com que todos ao seu redor PENSEM novamente antes de falar. Ele não diz, “… Não fume cigarro, porque faz mal e pode matar …”, ele diz “… Sim, o cigarro pode faz mal, então coloque uma etiqueta de caveira nos queijos cheddars dizendo que pode matar de colesterol também …”. Cada um assuma as responsabilidade das ações que toma.

 

Como ponto forte, Nick toma uma decisão muito errada e vaza informações confidênciais do trabalho para alguem que achava “intimo e confiável” para ele, que consequentemente contou a outros. Isso é uma lição para todos nós.

 

Como outro ponto forte, Nick consegue gerir um conflito, de forma a fazer o outro aceitar que ele estava certo, sem ele forçar isso. Como?

Pessoa: Minha idéia é essa e bla bla bla

Nick: A minha é essa e bla bla bla e eu estou certo.

Pessoa: Não esta não, por causa disso e bla bla bla

Nick: Veja, olha a sua ideia, olha essas outras ideias, e bla bla bla, viu, você estava errado. (ele não mensionou novanente sua ideia, apenas provou que a ideia da Pessoa, estava errada)

Pessoa: É você tem razão (a pessoa ficou tão convencida, que não quis comentar a ideia do Nick, apenas aceitou que a sua própria era errada, então presumiu que Nick estava certo)

 

Você que está lendo: Isso é Lábia Emerson, bla bla bla.

EU: É pode ser, mas ele ganhou o cliente de forma justa e sem mentir, mostrando o que o cliente não enchergou e julgou errado, por ACHAR que estava certo. Quem está certo? Sobre qual visão? Pense!

 

Resumindo:

 

1)      Nick possuia um enorme conhecimento do seu negócio, dos negócios que atendia e dos que eram seus inimigos também. Isso fazia ele sempre ter sempre fortes argumentos verdadeiros. (master information)

2)      Tinha um alto poder de negociação, relacionamento e dinamismo, convicto de suas ideias. Isso é um ponto importante para nossa gestão, para nosso BPs, mas também para todos nós quando vamos executar um serviço de informática. (Relacionamento)

3)      Nunca vaze informação da empresa para pessoas que não possam receber tais informações. Um pequeno deslise dessa pessoa e a empresa pode ser destruída, além de expor outras pessoas. (ohhhh, exagero seu Emerson. Eu respondo: Veja o filme e entenda!)

4)      Há pessoas que depositaram a confiança em você e outras que depositaram confiança nas pessoas que confiaram em você e por ai vai. É uma cadeia de pessoas que tem prejuizo com uma atitude errada sua.

5)      Pense, Sinta e Aja. Foi o que Nick NÃO fez. Ele Agiu (tomou a decisão errada), Sentiu (viu o prejuízo) e Pensou (“Que foi que eu fiz?!?! E agora?”).

6)      Em uma situação de crise, não se desespere. Pense, Sinta e Aja. Ficar chorando não resolve. Mostre que assumiu o erro e veja uma maneira gloriosa de resolver, mesmo que tenha qe pedir ajuda. Foi o que NICK fez deu muito certo.

 

Recomendo a todos verem o filme. São apenas 90 minutos de muitas lições pessoais e profissionais.

 

 


 

escolaComputacao

Emerson Torquato

É graduado em Sistemas de Informação pela PUCPR. Atua a mais de 10 anos com sistemas corporativos e a 2 anos como Gerente de Projetos de TI no Grupo Marista, principalmente no ramo de inovação tecnológica e educação. Atualmente é Business Partner do setor Corporativo do Grupo Marista pela TI. Ministra os programas Disseminação de Conhecimento Tecnológico e Fórum de Tecnologia.

Posted in Geral.

Tagged with , .


Seminário Marista de Profissões

Marista

Neste último sábado (21/05), aconteceu o XIII Seminário Marista de Profissões, organizado pelos Colégios Marista Paranaense e Santa Maria. O evento, gratuito e aberto também a estudantes de outras escolas, ofereceu aos participantes o contato com diversos profissionais, com o objetivo de ajudar a galera do Ensino Médio na escolha da profissão.

Este Seminário faz parte do Projeto de Orientação Vocacional e Profissional desenvolvido pelos Colégios Marista Paranaense e Santa Maria, durante todo o Ensino Médio. Por esta razão, tem o seu diferencial contribuindo efetivamente neste momento decisivo na vida do jovem que é a escolha da profissão.

É o Projeto de Vida que começa a ser construído de forma responsável e comprometido com a missão de cada um na sociedade e no mundo em que vivemos.

“É um grande espaço, que vai agregar muito na formação integral dos nossos alunos e na escolha profissional. O colégio abre suas portas para que os jovens possam tirar dúvidas e conhecer sobre diversas áreas e atuação das profissões”, afirma Everson Caleff Ramos, diretor geral do Colégio Marista Santa Maria.

O coordenador do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação da PUCPR, Prof. Dr. Orlando Alcântara Soares, representou os cursos de computação da PUCPR: Sistemas de Informação, Jogos Digitais, Engenharia de Computação e Ciência da Computação. O professor/coordenador realizou um bate-papo interativo sobre as três profissões, apontando os objetivos de cada uma e sanando as dúvidas dos estudante.

O BSI participou com um stand e contou com a colaboração de estudantes engajados onde puderam contar suas experiências no curso, assim como suas experiências profissionais. Os estudantes de BSI que participaram do evento:

 

Bruno Mantovani Openkoski Cardoso 3o Período
Daniel Sant’Anna de Oliveira 4o Período
Ewerton Schaedler 3o Período
Heitor Augusto Santos Ferreira 3o Período
Matheus Johan Mulder 3o Período
Rafael Akira Ueda 3o Período
Rômulo Massaroth de Farias 3o Período
Tobias de Oliveira 7o Período

Algumas fotos do evento:

 

Obrigada aos estudantes que nos auxiliaram! E que mais estudantes possam se engajar nas atividades do curso e da PUCPR!

🙂

Posted in Geral.

Tagged with .


Semana acadêmica 2016

Semana Acadêmica de 2016 teve um saldo bastante positivo.

Os temas das palestras foram muito atuais e importantes para a formação do Bacharel em Sistemas de Informação e para a sociedade, que sempre é a grande beneficiada. Muitos dos nossos estudantes compareceram aos eventos programados durante a semana.

Um destaque ficou por conta da palestra do fundador do Open Brazil, Stephan Garcia, ele é um  empreendedor, participa de várias startups: moda infantil (Bebezucos), desenvolvimento de jogos (COD3RS), agência digital (Mamga), programação para crianças (Code Club), hack cívico (Code for América, Open Brazil e Open Curitiba), inteligência coletiva e múltiplas inteligências (N3RDS), ação social (PRECISAM), humor colaborativo (XVCuritiba e Piá de Prédio). Stephan se intitula um hacker cívico. Em sua palestra, falou sobre sua infância sofrida, e como fez de cada oportunidade um verdadeiro milagre em sua vida.

Palestra Hacker Cívico: com o empreendedor Stephan Garcia

Palestra Hacker Cívico: com o empreendedor Stephan Garcia (comunicador, ativista, coder, gamer)

 

Quando fui para o internato agrícola eu não fazia ideia que minha vida iria mudar para sempre. Eu já havia passado por diversos setores: jardim, pomar, horta, cozinha e construção, então fui transferido para a limpeza. Minha tarefa era limpar as calçadas de ardósia com soda cáustica. O trabalho era pesado, mas eu já estava acostumado. Um dia mudaram minha tarefa: Eu tinha que limpar um lugar chamado CPD. Passei um bom tempo limpando o chão, passando pano nas mesas e computadores, coletando o lixo. O local vivia lotado, pois havia oficinas de informática, e eu ficava na sala realizando o meu trabalho. Certa vez, um usuário perguntou: Quem sabe como deixa o arquivo oculto no DOS? Eu não sabia absolutamente nada sobre computadores, nada mesmo, mas respondi quase que imediatamente: ATTRIB +H. Todos ficaram perplexos e riram: Até o carinha da limpeza sabe!!! Quando um instrutor apareceu, contaram para ele o que houve. Ele me procurou e tentou entender o que havia acontecido. Eu respondi que não sabia, que apenas veio na minha cabeça aquele termo. Expliquei que eu não sabia nem o que um computador fazia, não sabia o que era arquivo, nem o que era DOS, muito menos o que era ATTRIB. Eles investiram em mim, acreditaram no meu potencial, me ensinaram tudo e me ensinaram algo que mudou minha vida: Programar um computador!

Esse foi o começo da minha descoberta: Aprender é viver! Entendi que a linguagem de programação era uma forma de comunicação e que com ela eu poderia me comunicar com a máquina, então fui aprendendo dezenas de linguagens de programação. Eu descobri minha vocação para a comunicação: aprendi inglês, espanhol, hebraico e LIBRAS. O “garoto da limpeza” jamais sonhou com tudo isso. Descobri que dependemos de pessoas do nascimento até a morte, que pessoas precisam de pessoas. Acredito que o ser humano é relacional, colaborativo, que fazemos parte de uma grande missão e minha forma de contribuir é devolvendo o que fizeram por mim, incentivando, estimulando, acreditando e investindo em relacionamentos, conexões, formando uma grande inteligência coletiva, um cérebro global com múltiplas inteligências, com alta capacidade de aprendizagem, capaz de recriar o mundo a cada dia por meio da inovação.

Cheguei em Curitiba sem dinheiro, sem lugar para ficar. Mas a minha palavra sempre foi entusiasmo entheos, uma inspiração pela presença de Deus dentro de mim. Vencendo um gigante de cada vez, buscando trabalho, um lugar para ficar, uma casa para alugar. Foi trabalhoso, mas foi maravilhoso. As pessoas me perguntam sobre meus sonhos. Meus sonhos são curtos, estão sempre próximos de mim, tenho vários sonhos fáceis de alcançar um após o outro. Um dos meus sonhos era trabalhar no ICI, no Instituto Curitiba de Informática. Na terceira tentativa consegui entrar e tive oportunidade de ser programador, analista de sistemas, líder de projetos, supervisor, coordenador de portais, coordenador de gestão de serviços, gerente de tecnologias sociais e agora assessor de mercado, responsável pela gestão de produtos. Tive a oportunidade de trabalhar e conhecer pessoas maravilhosas que me ensinaram muito. Todas as manhãs eu me levanto com orgulho, pois meu trabalho é uma missão, eu trabalharia de graça por isso. Cada inovação, cada tecnologia usada por cada cidadão, todos os dias, eu olho e vejo meu trabalho proporcionando melhoria na qualidade de vida das pessoas.

O trabalho para mim é hobbie pois eu faço o que eu amo.Stephan Garcia.

 

Também tivemos uma palestra incrível sobre Open Data com Marx Medeiros. O ativista explicou que dados são abertos quando qualquer pessoa pode livremente usá-los, reutilizá-los e redistribuí-los, estando sujeito a, no máximo, a exigência de creditar a sua autoria e compartilhar pela mesma licença. “Os dados estão por aí, disponíveis, basta usa-los para o bem da sociedade”, disse Marx.

Palestra Open Data: com Marx Medeiros

Palestra Open Data: com Marx Medeiros

Matheus Mariotto, falou sobre Gamification, que é a estratégia de interação entre pessoas e empresas com base no oferecimento de incentivos que estimulem o engajamento do público com as marcas de maneira lúdica. Ele, explicou como o gamification pode ser utilizado em hospitais para auxiliar em tratamentos, como o câncer e em escolas, para melhorar o desempenho acadêmico dos estudantes. Matheus participou de mais de 100 hackathons.

Arlete Scheleider palestrou sobre o Code for Curitiba, onde ela explicou que, os chamados hackers do bem,  são cidadãos de Curitiba pensando e criando soluções para cidadãos de Curitiba. Essa comunidade apaixonada e competente que trabalha com o governo para desenvolver soluções baseadas na tecnologia para resolver problemas cívicos. Através do nosso trabalho, acreditamos que podemos emprestar não só as nossas vozes, mas nossas mãos para promover a colaboração e transparência, acelerar o crescimento econômico e reanimar a cidadania. Clique aqui para saber mais sobre o projeto e como você pode ajudar a construir uma Curitiba melhor. Dois estudantes do BSI são hackers do bem e colaboram com o projeto: Rennan Felipe Alves de Chaves e Ewerton Schaedler Rosa, ambos do 3o período.

Os estudantes de BSI do 3o período Rennan Felipe e Ewerton Rosa com o palestrante Marx

Os estudantes de BSI do 3o período Rennan Felipe e Ewerton Rosa com o palestrante Marx,

Um parabéns especial aos integrantes da

Diretoria do CASI e aos estudantes

hackers do bem, que se dedicaram com

grande empenho na organização do evento:

Diretoria – Núcleo Principal

  • Eduardo Nunes – Presidente
  • Álex Dias – Vice-Presidente
  • Daniel Hauer Trizzolini – Secretário Geral
  • Guilherme Correa –1º. Secretário
  • Gledson Povidaiko – Tesoureiro Geral
  • Arthur Catarino – 1º. Tesoureiro
  • Marcelo Assis –  Diretor de Esportes
  • Rodrigo Claudino –  Vice-Diretor de Esportes
  • Rafael Fernando Borges – Diretor de Eventos

 

Confira mais fotos dos eventos realizados:

 

Links de referências:

http://www.openbrazil.org/

http://www.stephangarcia.com.br/

https://www.facebook.com/computacaopucpr/

Posted in Geral.

Tagged with .


HackaTruck-IBM

Hackatruck

 

HackaTruck-IBM vai estar na PUCPR em Junho de 2016 para despertar interesse pela criação de apps.

Laboratório itinerante da IBM, Flextronics e Instituto Eldorado vai capacitar universitários em programação SWIFT.

Apresentação no dia 4 de abril de 2016 e esclarecimentos de como participar:

Reuniões dia 4 de abril de 2016

(11h às 13:00) – Mário de Abreu

(19h às 21h) – Gregor Mendel

                         Ambos auditórios no Bloco Verde

Com 70 metros quadrados, o laboratório itinerante do HackaTruck é uma iniciativa da IBM Brasil e da Flextronics, em parceria com o Instituto de Pesquisas Eldorado e a Apple, mantido pelos incentivos da Lei de Informática. Conta com sala de aula equipada com dispositivos Apple,  projetores e óculos para realidade virtual da Epson,  câmeras de segurança da Pelco,  uma impressora 3D da Sethi 3D, e aplicativos de última geração armazenados na nuvem Softlayer, da IBM. Dentro do caminhão, os instrutores do Instituto Eldorado desenvolverão atividades de capacitação profissional, tendo como foco a linguagem SWIFT para iOS, já que um dos principais objetivos é despertar o gosto pelo desenvolvimento de aplicativos. Além do curso, os participantes terão a oportunidade de acompanhar oficinas sobre startups e empreendedorismo e terão contato com novidades tecnológicas como impressora 3D e óculos de realidade aumentada, por exemplo.

Para participar, estudantes da PUCPR, devem se inscrever no site e realizar um curso de EAD sobre SWIFT, para adquirir as primeiras noções sobre a linguagem.

AS INSCRIÇÕES SE INICIAM APOS A REUNIÃO DO DIA 4 DE ABRIL DE 2016.

Ser estudante de cursos de TI não é um pré-requisito. Qualquer aluno pode se inscrever no projeto. Além disso, os organizadores pedem também o envio de um vídeo mencionando os motivos do interesse no curso.
“Depois, os alunos selecionados deverão propor seus próprios projetos, que serão desenvolvidos ao longo do curso. A metodologia usada é do challenger learning process”, comenta Claudio Schlesinger, executivo de Parcerias Educacionais da IBM Brasil. “O conceito de EAD é uma versão menor do desenvolvido pela Apple com o Instituto Eldorado”.
Os equipamentos Apple necessários para a realização das práticas do curso presencial de Swift serão disponibilizados pelo projeto.

Maiores informações:

SITE:             WWW.HACKATRUCK.COM.BR

YOUTUBE : https://www.youtube.com/channel/UCVoPx2gZeOjja3ea4F2Wcxw

Posted in Geral.